sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Pincéis de make: conservação e higiene!

Olá pessoas! 
Hoje tem post da Rosi! Vamos ver o que ela preparou para nós?


Olá, aqui é a Rosicler, hoje é meu dia de postar.
Como na semana passada a Carol nos ensinou a função de cada pincel, vou aproveitar o assunto e dar algumas dicas de limpeza e conservação. Tentei mostrar em vídeo, mas eu e o Gildo passamos a filmagem inteira conversando, estragamos o vídeo. E também durante a filmagem o Gildo fez estas fotos, enfim, ficou muito ruim. Então vamos às explicações em foto mesmo! Esperem que gostem.



Minha coleção de pinceis, todos muito sujos, estavam à um mês sem lavar, estavam muito sujos mesmo.
Nas outras vezes que lavei, usei sabonete líquido, mas não gostei. As cerdas ficaram ressecadas, 
duras e até embaraçadas. Como já tinha este post em mente, fui pesquisar, e percebi que muitas pessoas usam esta duplinha de shampoo e condicionador. Comprei para experimentar. 
O shampoo estava na oferta, mas o condicionador não. Total: 20 dinheirinhos bem gastos.

   
   
                             

Coloquei um pouco de shampoo na palma da mão e passei o pincel já umedecido em água corrente em movimentos leves e circulares para a sujeira ir desgrudando. Veja nas fotos acima como a água está marrom. Este pincel "língua de gato" eu uso para aplicar base e BB Cream.  

  
  

Tive que repetir a operação porque a água só saiu limpinha após a segunda aplicação de shampoo.

                               
                               

                       Coloquei o condicionador na palma da mão e repeti o processo.


                               
                               

Prontinho: pincel limpo, macio e cheiroso. É recomendável que você repita este processo de 15 em 15 dias. Caso não haja tempo, nem disponibilidade, então que não ultrapasse 30 dias ok! A falta de cuidados pode fazer com que seus pincéis sejam um fabricante de proliferação de fungos e bactérias. 

A falta se zelo pode levar a mulher a contrair uma piodermite (quando causada por bactérias), infecção fúngica (quando causada por fungos) ou viral (causada por vírus). O problema pode se manifestar na forma de lesões, em geral, avermelhadas, que coçam e dependendo do agente, pode haver descamação ou presença de secreção.
"Quando se aplica a maquiagem utilizando pincéis, esses, pelo contato, ficam ‘contaminados’ por bactérias, fungos e outros microorganismos presentes, normalmente, em nossa pele. Em condições ideais de umidade e temperatura, eles se proliferam nas cerdas dos pincéis que, quando reutilizados, podem trazer esses agentes para a pele na forma de infecções", explica a dermatologista Dra. Luciana Conrado, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia Regional São Paulo (SBD-SP). fonte
Ao lavar os seus pincéis, tenha bastante cuidado para não molhar o cabo, lave somente as cerdas, porque os cabos geralmente são feitos de madeira, que podem apodrecer. Recomendação dos fabricantes. Nas embalagens também descreve a recomendação de deixar o pincéis secarem ao natural.

O que li por aí:

SECADOR: Jogue o ar com a temperatura morna, no sentido das cerdas, para elas não danificarem. É a maneira mais prática de secar.
PAPEL TOALHA: Pressione as cerdas do pincel com o papal até que não saia maia água
NATURALMENTE: Depois de lavar os pincéis, deixe-os num copinho com as cerdas viradas para cima, em um lugar com sombra.  fonte

Para conservar:
Os pincéis de maquiagem não devem ser guardados no banheiro porque a umidade pode estragá-los. Por isso, guarde seus pincéis no quarto, em um local onde possa mantê-los arejados.
Uma última dica bastante importante é não compartilhar seus pincéis e esponjas para evitar contaminações. Assim, você vai garantir mais durabilidade aos pincéis e ao make.  fonte
 Espero que tenham gostado.  Bj t+


Muito legal, né, meninas?

Abraços,
Carol ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e retorne quando quiser! Bjs